.3 de setembro de 2017

Amor de praia não sobe a serra





Aconteceu, sabe. Não sei se foi porque ele tinha o olhar do John Mayer, por causa do cabelo longo e molhado ou o sorriso enorme deixando as covinhas à mostra ou o corpo moldado como pede o romance, não sei exatamente o que foi, só aconteceu. Talvez tenha sido as piadas com os amigos dele, a forma como começamos a rir de coisas bobas, jogar água um no outro, e ele ser sempre o mais quieto, ou como ele me olhava depois de mergulhar, seus olhos pareciam me dar duas rosas cada vez que me olhavam.
Depois de horas rindo, dançando, nadando (ou no meu caso, tentando), depois de algumas dezenas de rosas, aconteceu. Simples assim. Ele me beijou uma, duas, três vezes e na última eu já tinha gamado. Só que quando ele começou a falar de manter contato, coisa e tal, desencantei.  Minha alma sempre teve carta de alforria, essa não iria ser a primeira vez que ela deixaria alguém se apoderar dela. Nós sempre fomos livres, sempre fizemos o que queríamos, apesar dos relacionamentos abusivos, e apesar de sofrer tanto gaslighting.
Antes de você amar alguém, você precisa amar a si mesmo. Há relacionamentos que nem chegam perto de ser amor porque falta amor próprio em alguém (ou em ambas partes), só que, me escuta, não coloque seus desejos em outra pessoa. Deseje, faça. Sonhe você mesmo!  Antes de querer cuidar de alguém, cuide de si mesmo, porque nós nascemos sozinhos e vamos morrer sozinhos, não tem ninguém que você possa contar de verdade além de si mesmo, se ame, é o maior favor que você pode fazer a si mesmo. Você sabe, às vezes, queremos uma boca para beijar e um corpo ao qual abraçar, nem que seja por uma noite, ou por horas na praia.
Aproximadamente dois anos atrás eu deixei de implorar que as pessoas ficassem na minha vida e parei de ter medo de conhecer novas pessoas, e desde então, foi a melhor coisa que fiz comigo mesma. Quer ir? Vá! Quer ficar? Fique. Já não me importo mais, porque sei estar sozinha, estar bem e feliz com isso. A liberdade é algo que revigora. Depois que você a tem, impossível querer se prender a algo.



9 comentários:

  1. Que texto mais lindo! Pensei que fosse um texto sobre um amor de verão que não subiu a serra de início, mas que depois deu tudo certo! o famoso final feliz kkk Mas ai continuei a ler e se tornou uma história mais linda do que eu poderia imaginar! O amor de praia pode não subir a serra, mas o nosso amor próprio DEVE subir sim! Lindas palavras!

    ResponderExcluir
  2. Aaaaaah, o que dizer desse texto?
    Realmente, estar com alguém é maravilhoso, mas se sentir completa consigo mesmo, é mais ainda!
    E como dizer o quanto sou apaixonada por textos assim? Já tô indo seguir o blog.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  3. Ah, essas paixões avassaladoras são um perigo mesmo. Mas também são importantes para nosso crescimento. É com elas que aprendemos a nos valorizar, a nos priorizar e nos amar. Elementos que são, inclusive, essenciais para que um relacionamento tenha futuro.

    ResponderExcluir
  4. Olá gata tudo bom?
    Conhecer pessoas novas e sempre bom mas tem pessoas que a gente gostaria que não fosse embora (claro aquelas que se apegam rápido)
    Quando não temos importância se a pessoa foi em bora é bom pois não ficamos com aquele sentimento de perda.Eu mesma me apego muito facil infelizmente..Adorei o post e queria saber o texto esta falando de você? ou tentou descrever como as pessoas se sentem,adoraria saber.Um beijo e sucesso!

    ResponderExcluir
  5. Meu Deus eu não sei nem o que dizer! Seu post ficou incrível, e eu concordo com você, há pessoas que querem ser felizes mas não sabem como e acham que quando alguém se aproxima acha que é essa pessoa que vai te fazer feliz, você pode estra feliz mas vai ficar ainda mais feliz se amar a si mesmo, amar o seu corpo, seu modo de falar, nós devemos amar tudo em nós! Devemos pensar mais no que queremos do que as pessoas querem!
    Amei seu post! Parabéns e muito sucesso!

    ResponderExcluir
  6. Por mais blogs com textos lindos e sinceros como este! <3 Quando me deparo com uma publicação do tipo já saio favoritando a página porque sem dúvida esse tipo de conteúdo vai me fazer voltar muitas vezes. Belo texto, parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pelo texto incrível e realmente amar alguém é complexo como você disse pra amar o próximo em primeiro lugar precisa amar a si mesmo, esses amores passageiros fazem bem pra alma mas são improváveis.

    ResponderExcluir
  8. Que texto lindo. Me prendeu cada minuto.
    Melhor frase da vida 'Antes de você amar alguém, você precisa amar a si mesmo.' Amor próprio é importante. Se sentir completa consigo mesmo.
    Otimo post. Beijos

    ResponderExcluir
  9. Só passando pelas experiências pra gente aprender sobre o amor próprio né?! Não tem outro jeito. A gente vai vivendo e ficando mais segura de si. Amei sua reflexão quanto a isso. Parabéns!! Beijinhos

    ResponderExcluir

© Vinte e Uma Primaveras - 2016 | Layout por Design Matarazzo | Todos os direitos reservado.