.8 de maio de 2017

Ei seu moço.



  Eu quis dizer que senti tua falta, que te amei e amava da mesma forma (se não bem mais que antes), eu quis abraçar você bem apertado e ouvir teu coração pulsando, da forma que sempre glorifiquei.
  Eu quis sentar e deitar minha cabeça no teu ombro e chorar admitindo que sentia tua falta demais pra conseguir lidar, pra esconder... Eu quis namorar teus olhos castanhos e sentir teu corpo junto ao meu.. Eu quis,seu moço. Muito, e por muito tempo. Mas, hoje eu só quero muito de mim pra mim mesma. Não que eu tenha deixado de te amar, é que eu me amo mais.

 Passei horas olhando aquela nossa foto juntos,
aquela que tiramos em um dia de bobeira aqui em casa,lembra? E a cada lágrima que escorria me lembrava dos sorrisos que costumávamos dar quando estávamos bem, mas quando realmente estávamos bem?

 Dá ultima vez que brigamos eu senti cada palavra que me proferia rasgando-me por dentro, pois é seu moço elas me feriram tanto que senti cada parte daquele sentimento que eu sempre jurei sentir se esvair pelo universo.

 Sabe aquela foto, ao olhar ela mais uma vez atentamente não sabia onde estava o amor. É!aquele mesmo, que você jurou que sentia por mim, aquele que você disse que jamais sentiu ou sentiria por outra pessoa, ele acabou não é mesmo? Ou será que nunca existiu... 

 E aqui estou eu com as singelas recordações de algo que nunca existiu de verdade, ou que existiu em algum momento mas que já não passa de recordações, recordações muitas das vezes dolorosas, recordações que guardamos aqui dentro em uma caixa escrito a palavra "Frágil" em uma prateleira inalcançável, e lá esperamos que ela apenas vá para o arquivo morto.

17 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Texto simples e que passa bastante sentimento ♥ Parabéns pelo texto maravilhoso, te desejo muito sucesso.

    www.coisasdoalle.com

    ResponderExcluir
  3. Eita, pegou pesado no texto. Amei a forma simples mas cheia de sentimentos que você descreveu cada coisinha, e juro que se eu estivesse na bad, eu teria chorado.
    Parabéns pelo blog <3

    ResponderExcluir
  4. Nossa que texto maravilhoso é esse hein... me arrepiei aqui, de verdade. Parabéns...ele ficou realmente muito lindo ♥ Parabéns pelo dom... incrível!

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Teus textos sempre me tocam, esse não poderia ser diferente. É tudo sempre bem escrito de um jeito que faz a gente sentir que foi escrito especialmente para a gente. É meio pessoal falar, mais me tocou de mais pois é exatamente o que estou passando, mas amor próprio em primeiro lugar ne? Arrasou no texto ❤

    ResponderExcluir
  7. Que texto lindo, recheado de sentimento, as vezes tudo o que precisamos é isso, é falar o que as vezes fica implícito em olhares, sorrisos, pequenos momentos, mas quando não se fala, o momento passa, e aí ficam algumas lacunas que precisam ser preenchidas de alguma forma.
    Parabéns, pelo texto e blog.

    ResponderExcluir
  8. Nossa Miga! Lacrou hein!! Linda palavras, lindo texto! Forma mais perfeita de expressar os sentimentos! parabéns pelas palavras, e pela forma com que as encaixou no texto! Eu amei muito! São textos que te dão prazer em ler!! Sucesso pra você!!!

    www.resenhasumrabiscoeumcafe.com.br

    ResponderExcluir
  9. Nossa que texto👏👏 Esse texto me tocou muito! Você é uma ótima escritora! E gostei das vezes que você fala moço, isso fica bem real!

    ResponderExcluir
  10. A pior coisa do mundo inteiro é se sentir assim. Seja depois de brigas ou términos. A crônica me tocou e fez com que eu lembrasse de um momento que me senti assim. Faço o possível para que isso nunca mais aconteça. Parabéns por expor tanto sentimento nela! Beijos ♥

    ResponderExcluir
  11. Uau, Lydi... Deu para sentir cada palavra que você escreveu. Você leva muito jeito para expressar seus sentimentos. Poderia se tornar uma excelente escritora. Amei o texto de verdade! Parabéns! Resumo minhas impressões em: se não durou, não era amor. Não vale a pena. Mas adorei ver o modo que o amor próprio foi construído no decorrer do texto. Beijos!

    www.bulafashion.com

    ResponderExcluir
  12. Que linda reflexão aplicada em um texto.
    Realmente as palavras podem nos ferir de tal forma que levamos tempo pra esquecer e aquela ferida cicatrizar.
    Não vejo que um sentimento se acabe, sempre concluí que pra chegar ao fim nunca houve um começo dele.
    Adorei mesmo Lydi <3
    Beijinhos e Sucesso!

    www.segredosdajuhcosta.com

    ResponderExcluir
  13. Amei o texto. O jeito que você escreve transmite muita verdade. Acho que cada mulher já passou um pouco de cada situação, ou quem não passou claro que ainda vai passar.

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Que texto mais lindinho e ao mesmo tempo triste! É bem chato esse tipo de saudade, né? Quando a gente ainda gosta. Você conseguiu descrever bem esse sentimento. Adorei mesmo! Parabéns!

    ResponderExcluir
  16. Olha, vou te dizer que esse texto me tocou, fiquei arrepiada em ler esse texto! Falou com o coração, adoro textos tocantes!!! Senti muita firmeza no que eu li... Parabéns pela sua inspiração!!! ❤️ O seu blog é lindo e desejo tudo de bom e sucesso com o seu blog! ❤️

    ResponderExcluir
  17. Amei forte esse texto mostrou nítido os sentimentos assim que eu gosto também de escrever quando mostra nítido o que eu sinto sabe? O texto ficou lindo o seu blog é perfeito eu amo aqui haha bjsss

    ResponderExcluir

© Vinte e Uma Primaveras - 2016 | Layout por Design Matarazzo | Todos os direitos reservado.