.12 de dezembro de 2016

Resenha: Por Lugares Incríveis – Jennifer Niven




 Violet Markey acha que não quer mais viver. Depois da morte de sua irmã, ela não consegue mais gostar de fazer nada. Mas, ao tentar pular da torre da sua escola, ela é convencida a desistir da ideia por ninguém menos que Theodore Finch, que também estava naquele lugar considerando se matar. 

 A partir desse momento a vida dos dois muda. A menina que antes queria morrer começa aprender a viver. E quem ensina isso a ela? Justamente o menino que também queria morrer. A cada lugar novo que eles visitam, é uma lufada de esperança na vida dos dois.


“O que percebo agora é que o que importa não é o que a gente leva, mas o que a gente deixa.”
 O livro começa bem devagar, passando superficialmente pela história dos dois até chegar na parte em que eles recebem o trabalho da escola onde eles têm de visitar lugares importantes do estado ondem vivem. Aí as coisas começam a melhorar, mas ainda assim, não melhora tanto assim. 


 Sei que o tema de suicídio na adolescência é algo importante, assim como doenças mentais. Mas não achei que esse livro aborda essa temática tão bem assim quanto esperava. Para uma pessoa que tem problemas com depressão e ansiedade, essas são coisas que você nunca é realmente curada, você aprende a viver com elas. E como assim a Violet, que passa tanto tempo com o Finch, não percebe todos os problemas que ele está passando? Está tudo lá, ela só escolheu não ver, o que a torna bem egoísta. 

 Ele é muito comparado a “A Culpa É das Estrelas”, do John Green, e a “Eleanor & Park”, da Rainbow Rowell, mas ele não chega aos pés de nenhum dos dois. Não tem como. Sei que a maioria das pessoas vão achar que é “heresia” falar mal desse livro, mas não vou mentir. Se quiserem ler um livro sobre esse mesmo tema, recomendo “Perdão, Leonard Peacock”, do Matthew Quick. Vocês estarão bem melhor servidos.

Estamos começando uma nova categoria aqui, em parceria com  O blog Página E-books. Teremos resenhas quinzenalmente aqui no blog! Acompanhe o blog clicando no nome acima e acompanhe também o Instagram

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Tem livro que é assim mesmo, muito parado que você pensa até em desistir de ler. Entretanto a temática parece ser boa, e fiquei com vontade de conferir, espero que me cative.

    devaneiosdeinverno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

© Vinte e Uma Primaveras - 2016 | Layout por Design Matarazzo | Todos os direitos reservado.